Notícia Principal

Ministro entrega certificado número 100 mil da Escola do Trabalhador

O ministro do Trabalho, Caio Vieira de Mello, entregou na manhã desta quarta-feira (28) o certificado número 100 mil da Escola do Trabalhador. O documento, emitido pela Universidade de Brasília (UnB), passou às mãos da mineira Iris Serafim Bonesio Junqueira, de 26 anos, que concluiu o curso de Excel. “Esse gesto simbólico, de entrega do certificado à Iris, reafirma a importância da qualificação ao trabalhador. Quando cheguei ao ministério e soube da Escola do Trabalhador, fiquei encantado, porque essa é uma grande solução para o nosso país. O mundo evoluiu e o trabalhador precisa se atualizar. Quanto mais qualificado, mais oportunidades ele terá”, afirmou o ministro.

Esse foi o primeiro curso que a aluna realizou pela plataforma. “Um amigo do trabalho me indicou a Escola do Trabalhador e eu me inscrevi. Fazia o curso nos fins de semana, durante um mês. A formação agrega bastante conhecimento, mesmo que você já conheça sobre o assunto. O certificado faz toda a diferença e é um item a mais no currículo”, contou Iris.

CLIQUE AQUI PARA VER AS FOTOS

A entrega do documento foi feita durante a abertura do 2º Seminário da Escola do Trabalhador, realizado no auditório do edifício-sede do ministério, em Brasília. O evento tem o objetivo de apresentar ações desenvolvidas pelo programa, elementos pedagógicos utilizados na construção dos cursos e estudos estatísticos do mercado de trabalho que embasam o desenvolvimento da plataforma de ensino à distância – uma parceria entre o ministério e a UnB.

Qualificação – O programa Escola do Trabalhador completou um ano em 2018 e já recebeu 622.579 matrículas, qualificando mais de 104 mil pessoas. Por meio da plataforma virtual são ofertados 26 cursos gratuitos, divididos em 12 eixos temáticos, focados nas demandas do mercado de trabalho brasileiro.

Ao fim de cada curso, os participantes realizam uma avaliação para receber o certificado de conclusão. O documento é emitido pela Universidade de Brasília (UnB), instituição responsável pela elaboração dos cursos.

“Os cursos de qualificação profissional são essenciais para a melhoria do trânsito do trabalhador no mercado. Esperamos aumentar cada vez mais o nosso leque de cursos, expandir a oferta de qualificação para o trabalhador, prezando sempre pela qualidade dos conteúdos”, ressaltou o diretor de Política de Empregabilidade do ministério, Higino Vieira.

Além da oferta de cursos, o Portal da Escola do Trabalhador tem notícias e informações sobre possibilidades de capacitação profissional, oportunidades de emprego, estágios, indicadores e outras temáticas relacionadas ao mundo do trabalho e ao trabalhador. Para saber mais sobre os cursos e se inscrever basta acessar o endereço eletrônico http://escola.trabalho.gov.br/.

Fonte: Portal Ministério do Trabalho